10 de junho de 2013


Simplicidade é o maior do luxos

O sorvete é o mesmo de sempre, mas com uma apresentação criativa
Sou fã em receber a família e os amigos em casa. Abrir a nossa casa é uma demonstração total de afeto por aquelas pessoas. Parto do princípio de que tem que ser algo muito simples, mas feito com o maior carinho possível. Luxo e cerimônia para os amigos e família é brega. Mas os detalhes são fundamentais. Um perfume na casa, um vaso de flores novas, um guardanapo especial. Os utensílios e louças têm que ser aqueles já temos, mas é preciso usá-los de um jeito criativo e surpreender. E a comida - se for encomendada - tem que ser muito conhecida. Mas se for feita em casa mesmo, a receita deve ser aquela que mais dominamos. Sem testar nada mirabolante nesse dia!


Para quem curte essa "função" toda e quer mais inspirações, tem um guia ótimo. Receber com Charme, da Renata Rangel e Cláudia Pixu, tem dicas maravilhosas, dentro dessa proposta de "transformar o mais simples encontro em casa num momento especial".

Não é exatamente um livro para ser lido de uma só vez, mas um manual de consulta com muitos tesouros de decoração, arranjos de mesa e até presentes feitos à mão. Uma delícia de livro.