15 de maio de 2014


Uma receita de pão maravilhosa!


Adoro fazer pão, vocês bem sabem. No ano passado, dividi essa paixão com vocês e ainda compartilhei uma receita preciosa, de pão preto com cereais. Sempre deu muito certo esta receita e o pão fica muito saboroso. Na mesma ocasião, comentei também sobre a minha saga em encontrar a receita de pão branco perfeita, já que a de pão integral eu já havia descoberto. 

Pois acho que estou chegando muito perto do meu objetivo e vim correndo contar isso aqui! Claro que a receita tinha que ser do meu queridíssimo (e ultra-recomendado) blog Panelaterapia. TUDO o que fiz de lá deu certo. Além disso, as receitas são simples, os truques são compartilhados e tem uma variedade de sugestões maravilhosa que ajuda demais quando não sabemos o que fazer. Lembro da minha avó, que sempre reclamava que o mais difícil na cozinha era ser criativa. Não tive a oportunidade de apresentar a ela este blog, mas acho que ele resolveria os seus problemas. E para ficar ainda melhor, agora o blog conta com vídeos muito bem produzidos, que apresentam algumas receitas. Olha lá!

Voltando à odisseia do pão, quero dizer que testei a receita e, na 2ª tentativa, ficou muito boa! Uma lição eu aprendi de vez: não podemos fazer nada com pressa ou com algum compromisso marcado, especialmente quando se trata de pão. Se fizer na correria, não terá o mesmo resultado. Foi esse o problema da primeira vez que fiz. Deixei os pães crescendo e saí. A massa cresceu demais, secou e o pão ficou meio duro. Ao me dedicar exclusivamente à receita, na segunda tentativa, não tive erro e o resultado vocês podem verificar nas fotos. Fizemos aquele molho de salsicha picadinha e ficou muito parecido com os cachorrinhos de festa de criança. :)
Apesar de já ter encontrado esta preciosidade, vou continuar me aventurando em outras receitas de pão, afinal, sou teimosa por demais! Por enquanto, vou reproduzir como está no Panelaterapia, introduzindo a forma como eu fiz, que foi a etapa de sovar na máquina de pão. Mas vocês podem conferir como a Tatiana fez através deste link.

Pão de leite fofíssimo, do blog Panelaterapia


Ingredientes:


250 ml de leite morno ("se colocar quente estraga o pão, tem que ser uma temperatura que você coloque o dedo e não sinta nenhum desconforto") 
2 ovos
2 colheres (sopa) de açúcar
1/2 colher (sopa) de sal
5 gramas, ou ½ pacotinho de fermento biológico seco granulado. Obs.: Eu usei 15g de fermento fresco e deu certo!
40ml de óleo de soja
1 colher rasa (sopa) de margarina 

Bater todos os ingredientes acima, exceto o fermento, no liquidificador, só para misturar. Se tiver a máquina de pão, colocar a mistura na vasilha e esfarelar o fermento. Acrescentar farinha de trigo até a massa desgrudar das paredes da vasilha (cerca de 600 a 700g). Acionar o ciclo "massa" na máquina de pão e deixar ela sovar bem. Retirar a massa e modelar os pães* em superfície enfarinhada. Colocar os pães numa assadeira (não precisa untar), cubrir com um pano de prato umedecido (para não ressecar o pão) e manter em local abafado até dobrar de volume. Picelar os pães já crescidos com uma mistura de 1 gema com um pouco de leite. Assar os pães em forno NÃO aquecido. Ligar o forno somente quando for colocar os pães para assar (temperatura 200ºC), até dourar a superfície.

*Para modelar os pães tipo "bisnaguinha", eu faço uma bolinha, aliso bem e abro ela de leve, no formato oval.  Não precisa abrir muito a massa. Puxo a ponta e enrolo como se fosse um rocambole. Na hora de colocar na forma, não deixa um muito perto do outro para não emendar tudo num único pão gigante. 

Dica da Tatiana (deu muito certo!): "para o pão crescer bem eu ligo o forno em temperatura máxima por 20 segundos, desligo e coloco a assadeira coberta com o pano de prato úmido dentro dele. Repito isso a cada 15 minutos. Os pães cresceram em menos de 1 hora". 

Dica da Juliana: Nestas buscas pela receita ideal, aprendi que é importante assar o pão com uma forma com água morna na base do forno. A umidade que se cria dentro forno faz com que o pão fique mais fofo.

0 comentários: